segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Sobre o CREAR

O CREAR - Centro de Educação Ambiental de Resende - foi criado pelo DECRETO Nº 045, DE 04 DE ABRIL DE 2000.
Seus principais objetivos são:

Promover a Educação Ambiental Formal no município
Instituir a “Equipe Referência (Educadores Ambientais) de Educação Ambiental” no município
Promover e participar de projetos, programas e atividades de Educação Ambiental no município
Apoiar, divulgar e integrar as ações de Educação Ambiental no município
Coordenar as ações dos Educadores Ambientais nas Unidades Escolares (UE)

Atualmente conta com 23 educadores ambientais, em creches, escolas urbanas e escolas rurais.

Vem sendo desenvolvidas atividades de:
Coleta seletiva
- Economia de água
- Higiene e limpeza do ambiente escolar
- Hortas e jardins escolares
- Plantios de árvores
- Coral Ambiental
- Capacitação dos Educadores Ambientais
- Nossas reuniões são realizadas bimestralmente
- As UE são visitadas constantemente para acompanhamento

NOSSOS CONTATOS:

Coordenação:
Professor Marco Túlio
Professor Krishna Simpson

(24) 21085107 / 21085106 (SMDHUM)

NOSSOS EDUCADORES AMBIENTAIS:

Nome / Unidade Escolar
1 Elenice Pereira/ E.M. Hetelina Carneiro
2 Eliane Dornelas/ E. M. Algodão Doce
3 Fátima Helena da F. Miranda/ E.M. Noel de Carvalho
4 Fernanda Siqueira Bendia Leal/ E. M. Clotilde de Souza Ferreira
5 Graziela de Fátima S. Giacomini/ E.M.E.P.B. Alambari
6 Janaína Pereira Paranhos/ E.M.E.I. Julieta Botelho
7 Joseli Ribeiro Sampaio e Silva/ E.M. Sagrado Coração
8 Kacimasa Viana Yamashiro Rodrigues/ Creche.M.Lavapés
9 Krishna Govinda Simpson e Silva/ E. M. Ma. Dulce Freire Chaves/ CREAR
10 Lílian Regina Oliveira Marques/ Creche.M.Rubens da Silva Lamin
11 Lucimar de M. L. Zampier/ E.M. Professor Carlinhos
12 Lucimasa Yamashiro/ E.M. Bernarda Brandão
13 Marcia Corrêa Santos/ E.M. Marieta Salles Cunha
14 Maria Helena da Conceição/ E.M.Moacir Coelho
15 Maria José G. Siqueira/ E.M.Júlio Verne
16 Maria Márcia I. de Souza/ E.M.Dona Mariúcha
17 Raquel de Mello Batista/ E.M. Bairro Vicentino
18 Roseli Ferreira Oliveira/ E.M. Santa Maria
19 Sandra Aparecida de Almeida Lopes/ Centro Educacional Casa da Amizade
20 Valéria D. Bicalho/ E.M. Jardim das Acácias
21 Valéria D. Bicalho/ E.M. Surubi
22 Vera Alice Teodoro/ C.M. Getúlio Vargas
23 Zilma Rosa Cândida/ E.M. Augusto de Carvalho

Estilo de vida ocidental não é sustentável

Estilo de vida ocidental não é sustentável, adverte especialista

Londres, 29 nov (EFE).- O estilo de vida do Ocidente não é sustentável com o tempo e tem que mudar radicalmente, segundo Rajendra Pachauri, presidente do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC, em inglês).

"O nível de consumo e o desejo de consumir das pessoas alcançaram proporções exageradas", afirma Pachauri, em declarações ao dominical britânico "The Observer".
O cientista indiano propõe, entre outros, que os hotéis controlem o uso de eletricidade de seus clientes, sejam elevados substancialmente os impostos à aviação ou se limite o uso do gelo na água oferecida nos restaurantes.
"Não vejo por que os hotéis não deveriam ter um contador em cada quarto para medir a energia utilizada por cada cliente no banho ou no sistema de calefação ou ar condicionado, e cobrar depois por ela", explica Pachauri.
O especialista quer também que os Governos utilizem os impostos ao setor aéreo para subsidiar outras formas de transporte menos poluentes.
"Deveria haver uma grande diferença entre o custo de voar e o de viajar de trem", afirma Pachauri, segundo o qual as pessoas insistem em continuar voando, apesar de, muitas vezes, uma viagem de trem ser tão rápida e confortável.
Além disso, deveriam ser tomadas medidas para limitar o uso do automóvel, em forma de impostos especiais aos veículos mais poluentes.
Pachauri causou polêmica no ano passado ao propor que as pessoas comam menos carne devido às emissões de metano e de outros gases do efeito estufa associadas à pecuária.
Segundo o cientista indiano, principalmente os jovens serão responsáveis por liderar a mudança necessária, já que "são muito mais receptivos que os adultos, que estão corrompidos" pelo velho estilo de vida. EFE

Fonte: Acesso em 30 de novembro de 2009.

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

CURSO DE FORMAÇÃO DE VALORES ÉTICO-AMBIENTAIS


O Curso de Formação de Valores Ético-Ambientais para o Exercício da Cidadania é um Projeto da PUC-RIO através do Núcleo Interdisciplinar de Meio Ambiente (NIMA), com apoio da PETROBRAS, em parceria com a Prefeitura Municipal de Resende (PMR), a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Humano e Fraternidade (SMDHUM) e a Agência do Meio Ambiente de Resende (AMAR). O Curso está acontecendo aos sábados de 08h00 às 13h30 em Resende nas seguintes datas: 12 e 19 de setembro, 03, 24 e 31 de outubro e 07 e 14 de novembro. O local é o Campus da antiga UERJ, próximo à EXAPICOR. Os certificados serão emitidos pela PUC-RIO. Para maiores informações acessar o seguinte site: http://www.nima.puc-rio.br/sobre_nima/projetos/resende/

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Viva Óleo

Coleta e reciclagem de óleo vegetal
(24) 3321-6082/ 8133-7293 (Leonardo e Matheus)
www.vivaoleo.com.br

Contato das empresas de coleta seletiva de Resende

Reciclagem Manejo: 3354-3644
Reciclagem Nova Resende (bairro Itapuca): 3383-1161/9957-2880
Reciclagem Nova Liberdade: 3360-5185/9944-8520/3381-6918
Reciclagem Paraíso: 3381-4162
Reciclagem R&R (Vicentina): 3354-7616/3360-0537
Galpão da Exapicor: 3381-4590
Pestalozzi: 3354-1460

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

video

Mi arde o ôi

video

A terra, ela é sagrada...

Educação Ambiental em Resende - RJ

O Crear (Centro de Referência em Educação Ambiental de Resende) trabalha com uma equipe de referência de educadores ambientais em diversas unidades escolares do município - escolas urbanas, rurais e creches.